Roleta de Ingredientes - T2E1 – SEMENTES DE CHIA

É comum ouvirmos dizer que a chia estimula a perda de peso. E a verdade é que faz sentido...

Sementes de Chia

Curiosidades

- A Chia é uma planta herbácea da família das lamiáceas, da qual também fazem parte o linho e a sálvia. Esta semente é conhecida como “sálvia hispânica”.
- Durante muitos séculos as Sementes de Chia foram um ingrediente fundamental na alimentação dos astecas e maias.
Para estes povos a Chia significava força, sendo considerada um alimento dos deuses.
O valor destas sementes era tão elevado que os astecas usavam-na para pagar impostos e como moeda de troca.
  

Composição 

- São ricas em antioxidantes e minerais (cálcio, ferro, fósforo, selénio, potássio, manganês e magnésio).
 
- São uma boa fonte de proteínas (contém todos os aminoácidos essenciais) e de fibras (solúveis e insolúveis).
 
- É uma das melhores fontes de omega3 e omega6 (tem o rácio perfeito entre eles).
 
- Contém ácido linoleico, um dos ácidos graxos essenciais (não são produzidos pelo nosso organismo, por isso precisamos ingeri-los através da alimentação).
 

Benefícios 

- É comum ouvirmos dizer que a chia estimula a perda de peso. E a verdade é que faz sentido. Devido à quantidade de fibras e proteínas que possui, promove saciedade por mais tempo.
 
- Previne a obstipação e melhora a digestão, também devido á existência de grandes quantidades de fibras.
 
- Regula os níveis de açúcar e previne diabetes, devido á presença de omega3. Também devido á presença deste ácido graxo melhora a saúde cardiovascular e diminui a pressão arterial.
 
- Ajuda na prevenção do cancro da mama, devido á existência do ácido linoleico.
 
- Também é relevante o seu papel na saúde óssea, dos músculos e dos dentes, devido á existência de cálcio, magnésio, fósforo e manganês.
 
- Combate e previne inflamações devido á existência de antioxidantes.
 
Podíamos continuar aqui a debitar benefícios, mas acredito que estes já são suficientes para vos convencer a introduzi-las regularmente na vossa alimentação.
 

Dicas 

- Quando consumirem sementes de chia secas (sem serem demolhadas) devem ter algum cuidado, porque estas em contacto com a água ou outro líquido formam uma espécie de gel e aumentam muito de volume, podendo bloquear parcialmente o esófago. Para resolver esta situação, por vezes é necessária uma intervenção cirúrgica. A solução é deixá-las de molho, pelo menos durante 2 horas, idealmente de um dia para o outro.
 
- Quando começamos a adicionar mais fibras na nossa alimentação (isto é válido para a chia e outros ingredientes com bastante fibra) temos que ter o cuidado de beber mais água, uma vez que a água é essencial para ajudar as fibras a passar pelo sistema digestivo. A falta de hidratação pode causar desconforto abdominal (flatulências e outros sintomas).
 
- Estas sementes oferecem benefícios muito semelhantes às sementes de linhaça, mas com duas vantagens, não precisam de ser trituradas antes de ser consumidas e não ficam rançosas tão facilmente (estima-se que tem uma duração de até dois anos sem precisar de ser refrigeradas, graças á existência de altos níveis de antioxidantes).
 
- Existem sementes de chia pretas e brancas. A nível nutricional são muito idênticas, contudo as mais escuras contêm um antioxidante adicional, a quercetina. É claramente um facto que os alimentos mais escuros possuem mais antioxidantes.
 
- A textura gelatinosa da chia (depois de ser misturada com um líquido) faz dela um excelente substituto do ovo, para quem é vegan.
 

Receita com Sementes de Chia – Pudim de Chia 

Ingredientes para o pudim

200 ml de bebida vegetal (coco, amêndoa, arroz, aveia, etc.)
40gr de sementes de chia
1 Banana grande e madura
1 Colher de chá de extrato de baunilha

Ingredientes para o tópico

Mirtilos, framboesas, morangos (ou outros da sua preferência)
Frutos secos, pepitas de cacau ou passas
 

Modo de preparação

  1. Na noite anterior juntar, num recipiente, as sementes de chia, a bebida vegetal, o extrato de baunilha e a banana.
  2. No dia seguinte colocar a mistura dentro de um liquidificador e bater até obter a consistência de um creme suave (se ficar muito espesso, pode-se acrescentar mais bebida vegetal).
  3. Distribuir por copos de vidro na seguinte ordem: uma camada de morangos, uma camada de creme, uma de mirtilos, outra de creme e assim sucessivamente...
  4. Finalizar com as pepitas, frutos secos e passas.

 

Caso tenham dúvidas, comentem aqui em baixo. 
Espero que tenham gostado.
Obrigada!

Participa com o teu comentário

Todos os comentários terão de ser aprovados antes de serem publicados